Publicado em: 31/01/2019

O Instituto de Radiologia Cascavel preza pelo cuidado com os pacientes em todas as fases da vida, especialmente quando trata-se de um momento especial como a gravidez. Além de disponibilizar modernos exames visando tanto a saúde das mamães como dos bebês, o Instituto conta com o suporte especializado da Dra. Tatiana Frehner Kavalco. A médica é ginecologista, obstetra e a primeira fetóloga da cidade, especialista em gestações de alto risco. Além disso, Dra. Tatiana, até o presente momento, é a única médica em Cascavel a realizar procedimentos intrauterinos de investigação, como a amniocentese, para verificação de infecções ou alterações cromossômicas, especialmente nos casos em que há alto risco estabelecido no exame morfológico do primeiro trimestre.

Aliando vasto conhecimento técnico e sensibilidade, a médica fetóloga atua em sincronia com o médico obstetra que cuida do pré-natal da gestante, visando acompanhar da melhor forma possível a saúde materno-fetal neste momento único e repleto de peculiaridades: “Enquanto o obstetra é responsável pelo pré-natal, eu faço o acompanhamento ultrassonográfico e, se necessários, procedimentos de investigação e orientações de seguimento dos casos. É um trabalho realizado em conjunto”, comenta Dra. Tatiana.

O trabalho do médico fetólogo é fundamental para que a gestação transcorra de maneira tranquila e com o suporte adequado, mesmo quando surgem imprevistos, como malformações fetais. “É possível diagnosticar malformações fetais, esclarecer a paciente e seus familiares quais são as possibilidades de prognóstico, o que se pode ou não fazer antes do nascimento e qual o planejamento necessário a cada caso no pós-parto. Isso possibilita aos pais encontrarem os especialistas que possam fazer correções logo que ocorre o parto ou ainda no próprio campo da cesariana (como na gastrosquise, por exemplo), além de facilitar aos pediatras suas condutas após o nascimento do feto”, destaca a médica.

Em situações de restrição de crescimento, o acompanhamento especializado passa a ser essencial para se descobrir o melhor momento de interrupção da gestação, contribuindo para a diminuição dos riscos da prematuridade e da necessidade de tempo de UTI Neonatal. "O estudo Doppler colorido fetal mais específico e a avaliação de vitalidade pelo perfil biofísico fetal ajudam a ganhar tempo de gestação, principalmente em fetos abaixo de 34 semanas com restrição de crescimento intrauterino, diminuindo em 2% o risco de complicações da prematuridade a cada dia a mais de gestação", ressalta a especialista.

Outro quadro que merece atenção são as gestações de risco de anemia fetal. “Neste caso, fazemos dopplerfluxometria com medida do pico de velocidade sistólica para acompanhamento e, se for necessária transfusão, encaminhamos a paciente para os serviços que já prestam esse atendimento”, explica.
A meta do Instituto é tornar-se um centro cada vez melhor e de referência nessa área, proporcionando bem-estar e todo suporte técnico às gestantes, fetos, médicos obstetras e pediatras de Cascavel e região.

Exames ultrassonográficos conforme a idade gestacional:

- Transvaginal de primeiro trimestre para datação fetal, até 12 semanas;
- Obstétrico com translucência nucal para rastreio de cromossomopatias, de 11 a 14 semanas;
- Dopplerfluxometria de ducto venoso e válvula tricúspide para melhor acurácia no rastreio de risco de cromossomopatias, de 11 a 14 semanas;
- Dopplerfluxometria de artérias uterinas para rastreio de risco de pré-eclâmpsia, a critério clínico a partir de 11 semanas;
- Transvaginal para medida do colo e avaliação de insuficiência istmo-cervical, melhor período a partir de 18 semanas;
- Morfológico de segundo trimestre para avaliação morfológica, de 20 a 24 semanas;
- Obstétrico para datar e avaliar crescimento, líquido amniótico e batimentos cardíacos fetais, a critério clínico após 12 semanas;
- Dopplerfluxometria obstétrica para avaliar fluxo sanguíneo fetal, a critério clínico após 22 semanas;
- Perfil biofísico fetal para avaliar vitalidade fetal, a critério clínico após 26 semanas;
- 3D / 4D para visualização mais realista do feto em foto e vídeo, melhor período de 26 a 30 semanas de idade gestacional.

Medicina fetal - Acompanhamento especializado durante a gestação