Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 


- Jejum de 8 horas (suspender apenas sólidos);

- Não suspender medicamentos de uso diário;

- Chegar na clínica com 30 minutos de antecedência para realizar o preparo necessário.

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

texto de teste texto de teste:

Texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste

apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste

apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

texto de teste texto de teste:

Texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste

apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste

apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste apenas texto de teste


- Jejum de 8 horas (suspender apenas sólidos);

- Não suspender medicamentos de uso diário;

- Chegar na clínica com 30 minutos de antecedência para realizar o preparo necessário.


- Jejum de 8 horas (suspender apenas sólidos);

- Não suspender medicamentos de uso diário;

- Chegar na clínica com 30 minutos de antecedência para realizar o preparo necessário.

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados. 

Como será o Exame

O paciente deverá chegar na clínica portando a sua solicitação de exame/guia, juntamente com os documentos pessoais com foto, para a realização do cadastro, preenchimento de questionário, troca de roupa. Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário. O paciente ficará aguardando o seu atendimento em uma sala climatizada. Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período. Logo após, o paciente será encaminhado para a sala de exame. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma. 


Sobre a Utilização de Contraste 

As experiências revelaram que muitas lesões cerebrais são melhor visualizadas pela tomografia computadorizada após a administração endovenosa de contrastes iodados. Isso é resultado de uma aumento dos valores de atenuação da lesão devido ao acúmulo de contraste pela mesma, quer pela neovascularização àquele nível quer pela quebra da barreira tecidual decorrente da patologia básica. Diferentes meios de contrastes com dosagens específicas para cada tipo em particular têm sido utilizados. 
O bom resultado do exame contrastado depende do nível plasmático de iodo durante o exame, sendo esse nível razão direto da quantidade de contraste recebido. Por isso mesmo é que a dose a ser ministrada baseia-se no peso corporal do paciente, sendo necessária a manutenção de 40 mg de iodo por 100 ml de plasma para uma boa diferenciação das áreas lesadas em relação aos tecidos normais situados ao redor. 


Contraindicações do Exame 

· Crianças pequenas podem necessitar de anestesia, pois o exame requer imobilidade total. Como no momento não realizamos na  clínica, então, podemos fazer uma tentativa, caso não seja possível, será fornecido todas as informações necessárias para a realização do exame em outro local;

· Extremos casos de claustrofobias em adultos, embora raríssimos, podem também necessitar de auxílio de medicamento (Lexotan);

· Gestantes não devem realizar exames de TC antes do fim do terceiro trimestre de gravidez.

· Marca-passos, implantes, DIUs, não contra-indicam a realização do exame;

· Pacientes com insuficiência renal podem realizar exames de TC apenas sem contraste;

· Pacientes com história prévia de alergia aos compostos iodados também não devem realizar exames com contraste e pacientes portadores de asma brônquica devem receber cuidados especiais para a realização de exames contrastados.